Serão oito os jogos a disputar em apenas 32 dias e a qualidade dos plantéis da Premier League será posta à prova. Analisemos então cinco equipas que poderão beneficiar ou ser prejudicadas pelo calendário de dezembro/janeiro.

Manchester City

Calendário: West Ham (C); United (F); Swansea (F); Spurs (C); Bournemouth (C); Newcastle (F); Crystal Palace (F); Watford (C)

O City parece não só ter estudado bem a lição, como feito todos os esforços para agora se encontrar numa posição muito favorável. Com um calendário acessível, principalmente nos últimos quatro jogos, Guardiola terá apenas que continuar a rotação do plantel, manter a forma de jogar, poupando o desgaste dos seus jogadores com a habitual elevada posse de bola. Dessa forma, poderá mesmo deixar o campeonato praticamente resolvido nas próximas jornadas.

Em circunstâncias normais, os Citizens jogariam para resolver as contas o mais depressa possível mas, podendo apostar na Liga dos Campeões a partir de janeiro, o treinador catalão tudo fará para que a sua equipa ganhe a maior vantagem possível sobre os concorrentes durante estas oito jornadas.

Chelsea FC

Calendário: Newcastle (C); West Ham (F); Huddersfield (F); Southampton (C); Everton (F); Brighton (C); Stoke (C); Arsenal (F)

O Chelsea, após um início menos positivo, apresenta-se agora numa fase melhor. Antonio Conte terá, no mês de dezembro, um calendário para recuperar terreno. Tendo já recuperado dois pontos ao Manchester United nas últimas cinco jornadas (encontrando-se agora a apenas três pontos dos Red Devils), não será surpreendente que os Blues possam ultrapassar a concorrência.

Um calendário extremamente acessível e dois jogos em casa antes da visita ao Arsenal, na última das oito jornadas, dão ao Chelsea a probabilidade de poder vir a ser a equipa-sensação da época natalícia. O sorteio da próxima fase da Liga dos Campeões e a posição ocupada pela equipa londrina no campeonato no início de 2018 ditarão as prioridades do campeão em título daí para a frente.

Manchester United

Calendário: Arsenal (F); City (C); Bournemouth (C); WBA (F); Leicester (F); Burnley (C); Southampton (C); Everton (F)

Não sendo, do ‘top 6’, a equipa com o calendário mais complicado - essa será Arsenal que nas oito jornadas terá que defrontar United, Liverpool e Chelsea - é, ainda assim, das equipas que mais dificuldades poderá ter durante o mês de dezembro. Razões para tal? Dois jogos extremamente complicados a começar e, nos últimos cinco jogos, três serão disputados longe de Old Trafford sendo que, um dos jogos caseiros será com a equipa sensação Burnley, que ocupa a sexta posição da tabela.

O plantel do United parece muito curto para um mês tão exigente e a segunda posição poderá ser colocada em risco durante este período.

Southampton FC

Calendário: Bournemouth (F); Arsenal (C); Leicester (C); Chelsea (F); Huddersfield (C); Spurs (F); United (F); Crystal Palace (C)

O calendário do Southampton é exemplar de quão difícil este mês pode ser para os clubes ditos mais pequenos. Tendo vindo duma derrota cruel, sofrendo um golo aos 96 minutos depois de uma excelente exibição frente ao todo poderoso Manchester City, o moral dos Saints poderá não estar grande o suficiente para encarar dezembro.

Ainda assim, o campeonato não vai parar e com quatro jogos extremamente complicados, três deles fora de casa, prevê-se uma queda abrupta na tabela classificativa, eventualmente para lugares muito próximos da linha de água. Não obstante, e tendo em conta o excelente plantel da equipa do sul de Inglaterra, o momento poderá ser passageiro e rapidamente, depois do natal, a equipa começará a sua recuperação, já que tem todas as condições para estar nos lugares cimeiros, logo atrás do ‘top 6’.

West Ham United

Calendário: City (F); Chelsea (C); Arsenal (C); Stoke (F); Newcastle (C); Bournemouth (F); Spurs (F); WBA (C)

Tal como o Southampton, o West Ham terá quatro dos seus oito jogos do mês de Dezembro, contra equipas do ‘top 6’, com a particularidade de três deles serem a abrir o mês. Não conseguindo alcançar uma vitória há já sete jogos, caso os Hammers sejam derrotados nos três jogos iniciais deste mês, este poderá ser mesmo o princípio do fim para a equipa de José Fonte.

Sendo muito cedo para prever o pior, a verdade é que os resultados da equipa não se têm invertido e se o mês de dezembro não correr da melhor forma, esta poderá tornar-se numa luta muito difícil de combater por parte da equipa londrina comandada por David Moyes.

Em suma, é provável que, no final de dezembro, o City consolide ainda mais a sua posição como primeiro classificado, o Chelsea ultrapasse o Manchester United e o Liverpool dê um pequeno salto e passe para a frente do Arsenal, ficando assim em quarto lugar.

No que toca à parte de baixo da tabela, as previsões são ainda mais complicadas de fazer. Não obstante, é provável que os três últimos lugares se mantenham como estão.

Esta semana na Premier League…

Assistimos ao início deste mês infernal com o Arsenal a receber o Manchester United. Ainda com uma semana entre o jogo deste fim de semana e o decisivo embate com o City, no próximo fim de semana, Mourinho deverá jogar sem limitações nem poupanças para levar de vencido o Arsenal de Wenger e não perder o rival de Manchester de vista.

Não se esqueça que pode juntar-se à nossa liga SAPO 24 na Fantasy Premier League.. O código de acesso é o 3046190-707247.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.