“Depois do meu último combate contra Anthony Joshua [em abril de 2017], as decisões impuseram-se. Nunca imaginei ter uma carreira desportiva tão longa e bem-sucedida, agradeço a todos do fundo do coração”, disse Vladimir Klitschko, de 41 anos.

Campeão mundial de pesos pesados de 2000 a 2003, em 2006 e 2015, manteve-se invencível durante 11 anos, antes de em novembro de 2015 perder para Tyson Fury, os títulos da Associação Mundial de Boxe (WBA) e Organização Mundial de Boxe (WBO).

Vladimir Klitschko é irmão de Vitali Klitschko, também ele antigo campeão de pesos pesados, e atual presidente da câmara de Kiev.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.