Nadal termina a época com 9.985 pontos, mais 840 do que o sérvio Novak Djokovic, eliminado igualmente em Londres, enquanto Roger Federer encerra o ano em terceiro lugar, a mais de três mil pontos da frente.

Numa classificação em que o ‘top10′ apenas registou a troca entre Dominic Thiem, finalista vencido em Londres, que termina em quarto, e o russo Daniil Medvedev, que é quinto, à frente do grego Stefano Tsitsipas, vencedor das ATP Finals.

O português João Sousa termina 2019 em 60.º, com a subida de uma posição, e bastante distanciado de Pedro Sousa (146.º), Frederico Silva (191.º, com uma queda de 17 lugares) ou João Domingues (192.º).

Ainda mais distantes estão Gonçalo Oliveira (269.º), Gastão Elias (378.º) ou Frederico Gil (462.º).

Em femininos, o ‘ranking’ fechou há duas semanas, após as WTA Finals, com a vencedora, a australiana Asleigh Barty, a terminar em primeiro, à frente da checa Karolina Pliskova e da japonesa Naomi Osaka.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.