O inglês Wayne Rooney foi apresentado oficialmente no Everton, esta segunda-feira, após 13 anos a envergar as cores do Manchester United, para voltar ao clube que o viu nascer para os palcos maiores do futebol mundial.

"Não venho para um asilo", declarou o avançado sobre o seu regresso ao lado azul da cidade Liverpool. "Quero jogar, vencer e ter sucesso. Estou entusiasmado, acho que é um bom momento e que estou pronto", declarou Rooney, maior artilheiro da história dos red devils.

O goleador que voltar a ser protagonista, para fazer parte da lista de convocados da Inglaterra para o Campeonato do Mundo de 2018, na Rússia.

"O meu foco está no Everton, onde espero jogar bem. Se for o caso, Gareth Southgate vai tomar a decisão, de me convocar ou não", avaliou Rooney.

Em 2004, Rooney tinha sido contratado ao Everton pelo Manchester United, a troco de 27 milhões de libras (cerca de 30,5 milhões de euros), fazendo agora o caminho inverso.

Na última época, Rooney não foi aposta habitual do treinador português José Mourinho, voltando agora ao clube onde se formou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.