"Quando não há inspiração, torna-se difícil. Mas houve transpiração, tentaram o máximo. É futebol, é duro quando se perde a possibilidade de lutar por um título, mas há que levantar a cabeça porque temos a Taça de Portugal", lamentou o treinador dos leões em declarações à ‘flash interview’ da Sport TV no final do encontro Sporting-Benfica.

Sobre o jogo da próxima quinta-feira, Amorim diz que o clube de Alvalade parte em desvantagem. "Temos de ir à final da Taça de Portugal, sabendo que vamos em desvantagem. É um momento duro, mas ainda temos a Taça, e temos de lutar também para fechar o segundo lugar do campeonato", disse.

"No que depender de mim, vamos dar o máximo para estarmos na final da Taça de Portugal. Já conquistámos dois troféus [Supertaça e Taça da Liga], temos de levantar a cabeça, o futebol está sempre a correr. O próximo desafio é uma meia-final”, acrescentou.

Questionado sobre se o FC Porto será um campeão justo, Amorim responde: "Quando for matematicamente… Todos os campeões costumam ser justos. Para mim, não ganhando, nada mais interessa".

O Benfica venceu (0-2), este domingo, o Sporting, em Alvalade, na 30.ª jornada da Liga. Darwin e Gil Dias marcaram os golos. Com este resultado, os encarnados, terceiro classificados, passaram a somar 67 pontos, contra 73 dos leões, agora a nove do líder F. C. Porto, que pode assegurar o título já na próxima ronda, se somar mais um ponto em Braga do que os leões no Bessa, a 25 de abril.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.