Os dois emblemas voltavam a defrontar-se poucos dias depois de o Southampton ter eliminado o Wolverhampton nos oitavos de final da Taça de Inglaterra, e o cenário até parecia idêntico ao de quinta-feira, quando Danny Ings voltou a bater o guarda-redes Rui Patrício.

O melhor marcador dos ‘saints’ fez hoje o seu oitavo golo na liga, à passagem dos 25 minutos, após cruzamento do lado esquerdo do ataque de Stuart Armstrong, que também tinha marcado na Taça para o conjunto do sul de Inglaterra.

Apesar de estarem em desvantagem, os ‘wolves’ souberam desta vez reagir, especialmente na segunda parte, primeiro com Rúben Neves a igualar, de grande penalidade, aos 53 minutos, e depois com Pedro Neto a fazer o segundo golo, aos 66.

Neto, que leva cinco golos e quatro assistências na Liga, conseguiu ‘trocar as voltas’ a Vestergaard e, já de ângulo apertado, perto da linha de fundo, fez a bola entrar junto ao poste mais distante do guarda-redes.

O triunfo de hoje deixa o Wolverhampton, que teve ainda a titulares os portugueses João Moutinho e Nelson Semedo, e fez Fábio Silva entrar aos 89 minutos, no 12.º lugar, por troca com o Southampton, que cai para 13.º.

Ainda hoje, a 24.ª jornada da ‘Premier League’ prossegue com os jogos entre West Bromwich e Manchester United, com o Arsenal, adversário do Benfica na Liga Europa, diante do Leeds e Everton frente ao Fulham.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.