Daniil Kvyat, de 24 anos, chegou à Fórmula 1 em 2014, em detrimento do português António Félix da Costa, chegando à Red Bull no ano seguinte, até ser substituído por Max Verstappen. Regressou, então, à Toro Rosso, que, no outono do ano passado, o substituiu por Gasly.

Entretanto, o russo foi contratado para piloto de desenvolvimento da Ferrari.

“Estou especialmente feliz por regressar a uma equipa que conheço bem. A Toro Rosso sempre me fez sentir em casa e, certamente, também será assim na próxima época”, afirmou Kvyat,

O piloto agradeceu ainda à Ferrari a oportunidade de “continuar ligado à Fórmula 1”.

“Apesar de ter trabalhado basicamente no simulador, aprendi muito e sinto-me mais forte e mais bem preparado do que quando deixei a Toro Rosso”, rematou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.