O clube açoriano afirma ainda que “não pode tolerar” tal conduta, que é “punível nos regulamentos das competições profissionais da FPF [Federação Portuguesa de Futebol] e Liga Portugal”.

Em causa está o interesse do Sporting de Braga na contratação de Guilherme Schettine. A SAD do Santa Clara diz que “esta conduta” levou os açorianos a “exigir” aos minhotos o pagamento da cláusula de rescisão do avançado brasileiro.

O Santa Clara realça ainda que estará “sempre de portas abertas para receber todos os clubes”, desejando boa sorte ao Braga para o jogo da terceira pré-eliminatória da Liga Europa.

Recorde-se que esta posição do Santa Clara surge no seguimento de um comunicado do Sporting de Braga, que criticou a postura de Santa Clara e Benfica durante as negociações por Schettine, apontado que o futebol português se transformou-se num “teatro de marionetas”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.