A formação açoriana entrou melhor no encontro e adiantou-se logo aos quatro minutos, através de Mikel Villanueva, tendo Rui Costa, aos 35, ampliado a vantagem. O mesmo jogador ampliou para 3-0, aos 47 minutos, tendo Rui Correia ainda reduzido, aos 66, antes de Carlos Júnior, aos 79, e Ukra, aos 90+6, de penálti, fecharem a contagem para os açorianos.

Com este triunfo, o Santa Clara ocupa o sétimo lugar da prova, com 35 pontos, os mesmos do Vitória de Guimarães, sexto, enquanto o Nacional vê a sua situação cada vez mais complicada, ocupando o último lugar, com 21 pontos, a três do Marítimo, que ocupa o 16.º posto, posição que permite ainda a disputa de um ‘play-off’ de manutenção com o terceiro classificado da II Liga.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.