A Ogier bastava apenas um ponto para garantir o ‘tetra’, depois do abandono, no sábado, do norueguês Andreas Mikkelsen, colega de equipa e que mantinha ténues aspirações de se sagrar campeão mundial.

Para os 62 quilómetros do último dia de corrida, Ogier partia com cinco segundos de vantagem sobre o espanhol Dani Sordo (Hyundai), que terminou em segundo na Catalunha, à frente do belga Thierry Neuville, seu colega na equipa sul-coreana.

Concluído o Rali da Catalunha, restam duas provas para terminar o Mundial de 2016: Grã-Bretanha (entre 28 e 30 de outubro) e Austrália (entre 18 e 20 de novembro).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.