A antiga número um mundial estava ausente da competição desde que foi eliminada nas meias-finais do Open dos Estados Unidos, devido a uma lesão num ombro.

No seu regresso à competição, Serena Williams sentiu algumas dificuldades iniciais, em especial com o vento que se fazia sentir em Auckland, mas acabou por vencer Parmentier, 69.ª do ‘ranking’, por 6-3, 6-4, em 76 minutos.

“Sinto que estou a tentar chegar lá [à melhor forma]. Obviamente todos os encontros contam. O vento estava a mexer comigo. Todos os dias em que pratiquei aqui não havia vento e hoje estava tão ventoso. Não foi divertido, mas foi interessante”, disse a norte-americana.

Serena Williams está a preparar a participação no Open da Austrália, primeiro ‘Grand Slam’ da temporada, no qual procura somar o seu 23.º ‘major’.

Neste momento, a norte-americana tem 22 títulos do ‘Grand Salm’ e partilha o recorde de troféus na ‘era Open’ com a alemã Steffi Graf, estando a dois do máximo total, pertença da australiana Margaret Court.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.