O técnico dos ‘dragões' lembrou a necessidade de "contornar as dificuldades" e de criar "oportunidades" para que a equipa consiga alcançar o título de campeão nacional.

"Espero que o FC Porto seja competente e consiga ganhar o jogo, o adversário tem vindo de bons resultados, e se não é a melhor é das melhores defesas fora, mas são dificuldades que temos de contornar se queremos ser campeões", começou por referir o treinador, em conferência de imprensa.

O técnico falou ainda na eficácia do grupo: "Eficácia é importante, ofensiva e defensiva. Nos últimos três jogos, fizemos cerca de 70 remates, inúmeras oportunidades, a verdade é que não conseguimos, neste último, materializar a dinâmica. Tivemos oportunidades, construídas com dinâmicas. Cabe-nos a nós criar ainda mais oportunidades”, observou.

Sérgio Conceição comentou o facto de FC Porto e Boavista se defrontarem na véspera de São João. Confrontado com a data do encontro, o treinador portista elogiou o comportamento dos nortenhos.

"A noite de São João é uma noite tão querida na região norte e em especial no Porto. Em termos de comportamento social, as pessoas do Norte têm mostrado um grande respeito pelas normas de segurança que o governo propõe, ao contrário de outras regiões do país, como sabemos. Por isso, o que espero é exatamente o mesmo que as pessoas têm tido, para que tudo decorra de forma normal e para que, no final, os adeptos do FC Porto estejam contentes, cada um no seu espaço, a festejar uma vitória e o São João", referiu.

O treinador dos ‘dragões' salientou o risco de perder a liderança para o rival Benfica, quando faltam apenas sete jornadas para o final do campeonato e as duas equipas estão empatadas no topo da classificação.

"Não tenho a menor dúvida que é um risco perder agora a liderança para o rival. Todos os jogos acabam por ter o seu peso e mais quando não deixa de haver tanto tempo para recuperar pontos perdidos. A intenção é depender sempre de nós", explicou o treinador.

No jogo com o Desportivo das Aves, na jornada anterior, no qual o FC Porto não conseguiu ir além de um empate sem golos, Zé Luís desperdiçou uma oportunidade de golo, ao falhar uma grande penalidade. Sérgio Conceição foi questionado sobre essa situação e desvalorizou.

"Temos de ter mais penáltis para fazer golos, temos de criar mais lances na área, temos de criar 15/20 oportunidades para marcar golos. Temos de fazer mais disso para ganhar. Quem marca, quem decide? Ando há muitos anos no futebol, já fui jogador e dei um jeito naquilo. Às vezes era fraquinho. Tudo é trabalho, tudo é pré-definido para que na altura os jogadores saibam o que fazer. Depois, dentro do campo, se um estava destinado a marcar e outro sente-se confiante não há troca de bola. O Zé Luís bateu o penálti e a equipa do FC Porto falhou o penálti", concluiu.

O FC Porto, segundo classificado do campeonato, com os mesmos pontos do líder Benfica (64) – mas vantagem no confronto direto -, recebe na terça-feira o Boavista, na oitava posição, com 35, em partida relativa à 28.ª jornada da I Liga de futebol.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.