Ao todo, entre 18 de setembro e quinta-feira, foram levados a cabo 3.256 testes, nos quais se detetaram os sete positivos, nota um comunicado conjunto de FIA e Fórmula 1, que não revelaram nem as identidades dos infetados nem que funções desempenham.

“Nenhuns detalhes específicos, quanto a equipas e indivíduos, serão disponibilizados pelas duas partes, que se comprometem a revelar resultados dos testes de sete em sete dias”, acrescentam.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 984 mil mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 1.936 em Portugal.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.