A formação de André Vilas Boas, que tinha perdido fora na primeira mão por 1-0, anulou cedo a desvantagem, quando Lu Wenjun inaugurou o marcador, aos 15 minutos, mas o Shenhua reagiu e igualou mesmo em cima do intervalo, por Cao Yunding, passando para a frente no marcador aos 68, através do nigeriano Obafemi Martins.

A precisar de marcar três golos, o Shanghai SIPG forçou e o ex-portista Hulk, aos 72, de penálti, e um autogolo de Giovanni Moreno, aos 76, marcaram nova reviravolta no marcador, mas insuficiente para que André vilas Boas levantasse o troféu.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.