Em Sheffield, o norueguês Sander Berge adiantou os ‘blades' aos 31 minutos, pouco antes de Harry Kane ver o golo do empate ser-lhe anulado, depois de beneficiar de um toque com a mão de Lucas Moura.

No segundo tempo, o francês Lys Mousset, aos 69 minutos, e o escocês Oliver McBurnie, aos 84, dilataram a vantagem do Sheffield, de nada valendo o tento tardio de Harry Kane, aos 90, num encontro no qual o internacional português Gedson Fernandes não saiu do banco de suplentes dos londrinos.

Com a derrota, a primeira desde a retoma da Premier League, o Tottenham caiu para o nono lugar, com 45 pontos, tendo sido, inclusive, ultrapassado pelo Sheffield United, que subiu ao sétimo posto, com mais dois pontos, e pelo Arsenal, oitavo, com mais um.

A seis jornadas do final da prova, a equipa comanda por José Mourinho continua a nove pontos do quarto lugar, o último de acesso à próxima edição da Liga dos Campeões, que é ocupado pelo Chelsea, derrotado na quarta-feira pelo West Ham.

Além disso, os ‘spurs' viram Manchester United, quinto, e Wolverhampton, sexto, ambos com 52 pontos, distanciarem-se ainda mais nesta ronda.

A 32.ª jornada da Premier League encerra hoje com a visita do já consagrado campeão Liverpool ao terreno do segundo colocado e ainda detentor do troféu, Manchester City.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.