O surfista natural de Cascais, de 29 anos, tinha viagem prevista para hoje para a capital nipónica, a fim de se juntar às compatriotas Yolanda Sequeira e Teresa Bonvalot, que vão participar nas competições de surf, na praia de Tsurigasaki, a cerca de 100 quilómetros, a partir de domingo.

Com a ausência de Frederico Morais, 11.º do circuito mundial de surf, que tinha assegurado a vaga nos Jogos Mundiais de Surf, de 2019, a Missão de Portugal a Tóquio2020 fica reduzida a 91 participantes, em 17 modalidades.

Numa publicação nas redes sociais, o surfista conta que testou positivo há 10 dias, no dia 14 de julho, e que aguardou até ao dia de hoje para saber se podia viajar para Tóquio. Apesar de não ter tido sintomas, Frederico Morais continua a dar positivo no teste, impedindo-o de viajar para os Jogos.

"Este é provavelmente o post mais triste da minha vida mas como em tudo o resto há que encarar!", escreveu.

"Apenas vos digo que a minha vida de atleta tem sido pautada por vários desafios, provas, obstáculos… E tenho um a um ultrapassado todos! Este não vai ser diferente, Paris 2024 espera por mim que eu não desisto!", acrescentou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.