João Sousa e Gastão Elias (na fotografia) não conseguiram superar a dupla Denys Molchanov e Sergiy Stakhovsky e cederam à Ucrânia a vitória no encontro de pares em três ‘sets’, pelos parciais de 4-6, 6-3 e 6-7 (5), em duas horas e sete minutos, no Campa Tennis Club, nos arredores de Kiev.

Concluído o duelo de duplas, João Sousa, número um nacional e 49.º do ‘ranking' ATP, volta novamente ao ‘court' de piso rápido para disputar o terceiro encontro de singulares da eliminatória diante Sergiy Stakhovsky (142.º ATP) e tentar manter Portugal na discussão pela manutenção no Grupo I da Zona Europa/África.

Para garantir a permanência, a seleção nacional precisa agora de vencer os dois encontros de singulares, sendo que Pedro Sousa e Illya Marchenko vão discutir o último ponto em discussão e que poderá atribuir a vitória na eliminatória.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.