Frente a Sumiya Dorjsuren, da Mongólia, a lusa perdeu ao fim de 58 segundos, sendo desqualificada devido a um gesto involuntário que poderia magoar a oponente.

A ação disciplinar impediu-a também de aceder ao combate com a japonesa Momo Tamaoki, que entrou no ‘tatami’ para lutar pela medalha de bronze sozinha, vencendo imediatamente.

A medalhada de bronze no Rio2016 foi a única da comitiva lusa a chegar às meias-finais do primeiro dia do torneio da capital francesa, com a vencedora da prova em 2012 e 2015 a começar por eliminar a romena Corina Stefan e a alemã Inês Beischmidt, antes de bater a kosovar Nora Gjakova.

Joana Ramos ainda ultrapassou as duas primeiras rondas na categoria de -52 kg, ao impor-se à turca Irem Korkmaze à australiana Tinca Easton, mas perdeu com a japonesa Ai Shishime.

Na categoria de -66 kg, João Crisóstomo e Sergiu Oleinic não passaram do primeiro combate, perdendo ambos por ‘ippon’ com o francês Kevin Azema e o israelita Tal Flicker, respetivamente.

Jorge Fernandes teve idêntica sorte em -73 kg frente ao tajique Somon Makhmadbekov (depois de ter conquistado um ‘waza-ari’), tal como Francisco Mendes na categoria de -60 kg, perante o brasileiro Felipe Pelim, ambos eliminados na estreia e também por ‘ippon’.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.