“Parabéns Andy Murray”, escreve o ATP Tour, a acompanhar a fotografia em que o príncipe Carlos, herdeiro do trono de Inglaterra, em linha de sucessão à rainha Isabel II, deposita a espada no ombro do tenista.

Murray, que recentemente completou 32 anos, foi ordenado pelos “serviços prestados ao ténis e à caridade”.

“Estou muito orgulhoso por receber. É um grande dia, para passar com a minha família, mulher e os meus pais, que estão aqui. Gostaria de ter trazido os meus filhos, mas ainda são muito pequenos. Mostrarei a medalha quando chegar a casa”, disse o jogador, em comunidade.

O tenista, vencedor três torneios do ‘Grand Slam’, em Wimbledon em 2013 e 2017, e nos Estados Unidos, em 2012, encontra-se ainda em reabilitação de uma cirurgia à anca, mas prevê regressar aos ‘courts’.

Tanto o torneio de Queen’s, como o de Wimbledon, o terceiro do ‘Grand Slam’ e o mais importante em relva, reservaram convites para o escocês, caso esteja em condições de competir.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.