Froome conquistou o Tour pela terceira vez consecutiva e a quarta em cinco anos, ao concluir a prova com 54 segundos de avanço sobre o colombiano Rigoberto Uran (Cannondale Drapac) e 2.20 minutos sobre o francês Romain Bardet (AG2R La Mondiale), ficando a um triunfo final dos recordistas Jacques Anquetil, Eddy Merckx, Bernard Hinault e Miguel Indurain.

Na última etapa, o Groenwegen foi o mais rápido no ‘sprint’ final, ao gastar 2:25.39 horas para cumprir os 108 quilómetros do percurso, batendo o alemão Andre Greipel (Lotto Soudal) e Edvald Boasson Hagen (Dimension Data).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.