O novo modelo da Liga dos Campeões feminina vai replicar a masculina, deixando de ter uma fase de grupos para ter uma liga com 18 equipas, com cada equipa a fazer seis jogos, três em casa e três fora, antes da fase a eliminar.

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) reagiu “com natural entusiasmo” à criação da nova prova, que ainda não tem nome.

“É um passo importante para o crescimento e afirmação do futebol feminino a nível europeu e consequentemente também em Portugal”, assumiu Fernando Gomes.

Estas alterações deverão permitir a Portugal ter mais clubes nas competições europeias, ao contrário do que acontece neste momento em que apenas o campeão tem acesso às rondas preliminares da ‘Champions’.

Mais detalhes sobre a Liga dos Campeões e a nova prova, assim como os respetivos formato, calendário e forma de acesso, vão ser divulgados na segunda-feira.

O Europeu de futsal feminino vai passar a ser jogado de quatro em quatro anos, com a edição de 2024/25 a ser cancelada, com o próximo campeonato a ocorrer em 2027, dois anos depois do primeiro Mundial.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.