Bottas, que fez dupla com o britânico Lewis Hamilton nos últimos quatro anos, vai substituir o compatriota Kimi Raikkonen, que decidiu abandonar a Fórmula 1 no final do Campeonato do Mundo de 2021.

“Abre-se um novo capítulo na minha carreira. Estou entusiasmado por unir-me à Alfa Romeo para a época de 2022 e seguintes. É uma marca que não precisa de apresentações”, frisou Bottas, que conta com nove vitórias, 63 pódios e 17 ‘pole positions’, tendo sido vice-campeão mundial em 2019 e 2020.

Desta forma, fica aberta a porta na Mercedes para a promoção do britânico George Russell, que alinha na Williams, apesar de ter contrato com o construtor germânico.

O lugar na Williams poderá vir a ser ocupado pelo tailandês Alexander Albon, depois de os responsáveis pela equipa britânica lhe terem ‘aberto a porta’, caso a Red Bull, com quem tem contrato, o liberte.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.