Depois da qualificação invicta para o Europeu2021 e de ter superado, pela primeira vez, a fase de grupos, numa ‘poule’ que contava com a bicampeã mundial Polónia e a campeã europeia Sérvia, Portugal disputa com os Países Baixos a passagem aos quartos de final.

Portugal assegurou a inédita presença nos ‘oitavos’ com a quarta posição do Grupo A, que decorreu em Cracóvia, com vitórias frente à Bélgica (3-2) e à Grécia (3-1) e derrotas com a anfitriã Polónia (3-1), Ucrânia (3-2) e Sérvia (3-1).

O selecionador nacional, Hugo Silva, admitiu, em declarações à agência Lusa, que só com “entrega máxima”, “inspiração” e “a jogar no limite” é que será possível vencer a seleção dos Países Baixos, que tem no oposto Nimir Abdel-Aziz o jogador que “faz a diferença”.

Os jogos dos oitavos de final do Europeu2021 decorrem em Gdansk e em Ostrava, na República Checa, depois de uma primeira fase repartida por quatro países: Polónia (Grupo A), Republica Checa (B), Finlândia (C) e Estónia (D).

Os melhores registos de Portugal aconteceram nas edições, a convite, de 1948, em que foi quarto, e 1951, sétimo (com número reduzido de equipas). Depois de um longo interregno, Portugal voltou a participar em 2005, tendo ficado em 10.º, após o que foi 14.º em 2011 e 20.º em 2019 (já com 24 seleções).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.