Na jornada mais longa da 109.ª edição, animada pela fuga do belga da Jumbo-Visma, que perdeu a amarela depois de andar cerca de 130 quilómetros na frente, o atual bicampeão do Tour foi o primeiro a cortar a meta, cumprindo os 219,9 quilómetros entre Binche, na Bélgica, e Longwy em 04:27.13 horas, à frente do australiano Michael Matthews (BikeExchange-Jayco) e do francês David Gaudu (Groupama-FDJ), respetivamente segundo e terceiro.

Na sexta-feira, Pogacar vai partir para a primeira etapa de montanha deste Tour, uma ligação de 176,3 quilómetros entre Tomblaine e o alto da Super Planche des Belles Filles, com quatro segundos de vantagem sobre o norte-americano Neilson Powless (EF Education-EasyPost) e 31 sobre o dinamarquês Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma), o ‘vice’ do Tour2021 que é agora terceiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.