“Estou muito feliz por estar aqui”, declarou o português, em declarações ao sítio oficial dos ‘hammers’ na Internet, ao qual confessou estar “entusiasmado por jogar na ‘Premier League'”.

João Mário, que vai vestir a camisola 18 no clube londrino, junta-se aos portugueses José Fonte, colega de seleção, e Domingos Quina no emblema inglês, e explicou que o defesa-central lhe enviou várias mensagens a incentivá-lo a juntar-se à equipa.

“O José falou-me do clube e da canção que temos, ‘I’m Forever Blowing Bubbles’[cântico dos adeptos], e isso foi muito importante para vir”, contou o médio, 31 vezes internacional português.

O atleta, formado no Sporting, disse estar feliz por chegar “a um clube histórico, com um estádio fantástico e jogadores fantásticos”, deixando ainda elogios ao treinador, o escocês David Moyes, que na quinta-feira já tinha confirmado o negócio.

O West Ham descreve a primeira contratação no 'mercado de inverno' como um “médio talentoso e capaz de criar e marcar golos” e revelou que o jogador já treinou com os colegas.

João Mário já está, inclusive, convocado para o jogo de sábado, frente ao Wigan, a contar para a quarta eliminatória da Taça de Inglaterra.

O Sporting transferiu o internacional luso para o Inter de Milão na última época por 40 milhões de euros, mas esta temporada o jogador foi opção para o treinador Luciano Spalleti em apenas 14 jogos, quatro como titular, registando cinco assistências para golo.

João Mário, de 25 anos, fez a formação no Sporting e, nas temporadas de 2014/15, com Marco Silva, e 2015/16, com Jorge Jesus, foi um dos jogadores nucleares na equipa dos ‘leões’, com a conquista da Taça na primeira época e Supertaça na segunda.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.