A “BIAL chegou a acordo com a empresa alemã Roxall para vender a unidade de negócio de imunoterapia alérgica, conhecida como BIAL Aristegui”, indica a empresa em comunicado.

A venda daquela unidade inclui, segundo o grupo farmacêutico, as “áreas comerciais dedicadas à alergologia em Espanha, Portugal e Itália, que, em 2016, representaram 7% da faturação global da BIAL, bem como a unidade de Inovação e Desenvolvimento e industrial de Bilbau (Espanha), envolvendo cerca de 100 colaboradores que serão integrados na empresa Roxall”.

Esta operação irá permitir à BIAL “concentrar a sua atividade na investigação e desenvolvimento (I&D) de novos medicamentos para o sistema nervoso central e cardiovascular e na sua expansão internacional, em particular na Europa, com o reforço da sua atividade de promoção de medicamentos através das suas filiais em Espanha, Alemanha, Reino Unido e Itália”.

O anúncio surge 15 dias depois da Bial assinar com o Estado Português um contrato de investimento no valor de 37,4 milhões para investigação científica nas áreas dos sistemas nervoso central e cardiovascular.

Este contrato estende-se até 2018 e vem na sequência de o Governo ter aprovado benefícios fiscais para investimentos industriais aprovados em Conselho de Ministros em dezembro passado.

“Este investimento da BIAL é particularmente relevante do modelo que o país tem definitivamente de assumir, que é o desenvolvimento assente da inovação”, afirmou então o primeiro-ministro, António Costa.

Citado no comunicado, António Portela, CEO do grupo BIAL, explica também hoje que “esta operação vai permitir uma maior focalização nos objetivos estratégicos” do grupo que irá centrar os seus investimentos nos “medicamentos na área das neurociências e cardiovascular” e no reforço da sua presença na Europa.

Em Espanha, que continuará a ser o mercado prioritário no programa de internacionalização da empresa, irá manter-se a unidade de negócio de medicamentos que atingiu em 2016 um volume de faturação de 60 milhões de euros.

“Toda a atividade de investigação e industrial de BIAL passará a estar concentrada em Portugal”, realça a empresa em comunicado, segundo o qual está em curso um “forte” programa de inovação e desenvolvimento com um investimento médio anual de 50 milhões de euros.

As operações da BIAL na imunoterapia alérgica remontam a 1998, quando adquiriu em Espanha a empresa Aristegui, com atividades nesta área e com uma pequena atividade na área do medicamento.

Em 2011 a BIAL construiu em Bilbau, Espanha, uma Unidade Integrada de Produção e Investigação, dedicada à investigação e produção de vacinas personalizadas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.