“O comité considera que a convergência da inflação para o valor-alvo de 2017 e 2018 é compatível com um alívio gradual e moderado das condições monetárias”, diz o banco num comunicado, no qual acrescenta que “a magnitude do ‘alívio’ monetário e uma possível aceleração do seu ritmo” vai depender de fatores que incluem a implementação das reformas económicas e o andamento da inflação.

A descida da taxa surge numa altura de viragem para a política monetária do banco central, que manteve a taxa no valor recorde dos últimos dez anos mesmo durante a recessão.

A inflação no Brasil abrandou, foi aprovada uma lei que limita a despesa pública e a petrolífera Petrobras desceu os preços nos últimos tempos, o que pode ter convergido para a decisão de descer a taxa de juro de referência pela primeira vez nos últimos quatro anos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.