De acordo com o comissário francês nas reuniões de hoje, as "autoridades (portuguesas) mostraram um muito forte compromisso europeu".

A visita a Portugal de Pierre Moscovici acontece quando se discute a eventual necessidade de medidas orçamentais adicionais este ano, o chamado Plano B, no momento em que o Orçamento de Estado está em discussão no parlamento e falta a aprovação final.

A visita acontece ainda no meio de uma recente polémica que envolveu a Comissão Europeia, depois de na segunda-feira o próprio Pierre Moscovici ter afirmando em Bruxelas que o Governo português está a preparar medidas orçamentais adicionais para "quando" forem necessárias, e não "se" forem necessárias.

No dia seguinte, Moscovici veio clarificar as suas declarações, garantindo que não há qualquer mudança na posição de Bruxelas relativamente a Portugal.

"Se as minhas palavras foram interpretadas de forma ambígua, queria clarificar esta manhã: não, não há nenhuma mudança na nossa posição, (há) confiança na capacidade do Governo em integrar as opiniões da Comissão e as recomendações do Eurogrupo", afirmou então o comissário europeu.

Esta terça-feira veio a público que a Comissão Europeia colocou Portugal entre os países com "desequilíbrios excessivos", a par da Bulgária, Croácia, França e Itália.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.