“Após o final do prolongamento do prazo de reabertura para os centros comerciais da área metropolitana de Lisboa anunciada pelo Governo, a Mundicenter volta a ter, a partir de 15 de junho, os seus nove centros a funcionar em pleno, com as reaberturas dos centros que ainda se encontravam a funcionar com algumas limitações desde o dia 17 de março”, devido à pandemia de covid-19, indicou, em comunicado, a empresa do grupo Alves Ribeiro.

Assim, Amoreiras Shopping Center, Arena Shopping, Oeiras Parque, Strada Outlet, Spacio Shopping e Centro Comercial Alvalade, no distrito de Lisboa, voltam a ter todas as lojas e serviços “em plena atividade e abertos para os seus clientes”.

A Mundicenter é ainda dona do Braga Parque, Campus de São João e do Fórum Aveiro, todos na região Norte.

Até ao final deste mês, algumas lojas destes centros comerciais vão funcionar em horário reduzido, não inferior ao período entre as 12:00 e as 20:00.

No documento, o grupo garantiu ainda que a segurança e os procedimentos de higienização foram reforçados, seguindo as recomendações das autoridades competentes.

Os acessos e as zonas comuns foram adaptados, criando corredores de circulação, e foram também instalados dispensadores de álcool gel e uma sinalética com as medidas e normas que devem ser cumpridas pelos clientes.

O uso de máscara é obrigatório e a lotação máxima das lojas é indicada à entrada de cada uma.

A limpeza nas casas de banho também foi reforçada e os espaços de alimentação passam a ter menos lugares disponíveis, enquanto os serviços de ‘take-away’ e entrega ao domicílio permanecem em funcionamento em muitas lojas.

A Área Metropolitana de Lisboa deixa de ter restrições ao desconfinamento a partir de segunda-feira, podendo abrir os centros comerciais e as Lojas do Cidadão, anunciou hoje o primeiro-ministro, António Costa.

"Decidimos eliminar, a partir da próxima segunda-feira, as restrições que ainda existem diferenciadas relativamente ao conjunto do país, designadamente permitir a abertura dos centros comerciais de acordo com as regras definidas pela Direção-Geral da Saúde", afirmou António Costa, depois da reunião de hoje do Conselho de Ministros.

Há cerca de duas semanas, o Governo decidiu adiar na Área Metropolitana de Lisboa o levantamento de algumas restrições previstas na terceira fase de desconfinamento, impondo regras especiais sobretudo relacionadas com atividades com "grandes aglomerações de pessoas".

A manutenção do fecho dos centros comerciais e das Lojas do Cidadão, a limitação dos ajuntamentos a 10 pessoas (a nível nacional o limite é de 20) e o reforço da vigilância epidemiológica estavam entre as medidas tomadas.

Portugal contabiliza pelo menos 1.492 mortos associados à covid-19 em 35.306 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.