A notícia foi avançada ao início da manhã pela agência financeira Bloomberg, que dava conta que a CGD tinha mandatado o BNP Paribas, o Bank of America Merril Lynch, o CaixaBI, o Credit Agricole, o Credit Suisse e o Unicredit para organizarem reuniões com investidores a partir de segunda-feira em Lisboa, Londres e Paris.

Fonte oficial da instituição precisou que a emissão é dedicada a investidores profissionais (não para clientes de retalho), é de dívida subordinada (Tier 2) e maturidade a 10 anos, "com uma opção de 'call' por parte da CGD decorridos 5 anos".

Segundo a fonte, "com esta emissão cumpre-se o passo final do Plano de Recapitalização da CGD".

(Notícia atualizada às 12h16)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.