Os veículos implicados são dos modelos todo-o-terreno Jeep Wrangler e Chrysler 300c, fabricados entre 2004 e 2012, indicou a Administração Geral de Supervisão da Qualidade, Inspeção e Quarentena.

Alguns destes veículos podem apresentar defeitos no ‘airbag’ do copiloto, com risco de que o dispositivo de segurança insuflável – produzido pela empresa japonesa Takata — exploda ao abrir e lance objetos pequenos sob a forma de estilhaços contra os ocupantes do carro.

Este problema, que poderá afetar cerca de 20 milhões de veículos na China, onde alguns foram revistos em operações anteriores, esteve relacionado com acidentes mortais ocorridos em vários países, nos últimos anos.

A Chrysler comprometeu-se a trocar os ‘airbags’ defeituosos sem encargos para os proprietários dos veículos afetados.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.