De acordo com o Público, está em causa o processo que foi apelidado "lesados do BES" — a venda de dívidas do grupo Espírito Santo aos balcões do BES e que levou a fortes perdas a investidores.

Quatro ex-administradores e executivos do BES (José Manuel dos Santos, Amílcar Morais Pires, Joaquim Góis e Rui Silveira) foram igualmente visados.

O total das multas é de quase 4,5 milhões de euros.

Em causa está não só a falsificação de contas, mas também a prestação de informação errada aos investidores e o conflito de interesses dos investidores que exerciam funções nas empresas que imitiram a dívida e ao mesmo tempo no BES, banco que vendia essa mesma dívida.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.