Na agenda da Comissão de Orçamento e Finanças (COF) estava a discussão e votação de requerimento do deputado único da Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo, para que aquele Plano de Liquidez fosse enviado com caráter de urgência.

Durante a discussão, deputados de outros partidos questionaram o facto de se estar a pretender votar um requerimento que é um direito de qualquer deputado, sem que seja necessário fazê-lo submeter à votação na respetiva comissão.

À Lusa, o presidente da COF, Filipe Neto Brandão, precisou que, como os poderes regimentais dos deputados lhes dão o direito de pedir documentos e os poderes das Comissões são iguais, consensualizou-se que a mesa assume o pedido e o remeterá ao Governo em nome da Comissão.

Durante uma audição na manhã de hoje na COF, em resposta a questões sobre o plano de reestruturação da TAP o ministro das Finanças reconheceu que o Governo não se pode comprometer com futuras injeções de capital na companhia aérea.

"Com franqueza e honestamente, não nos podemos comprometer", disse João Leão, acentuando que a preocupação do Governo nesta fase é ter um plano de reestruturação "sério" que procure fazer com que a empresa se torne mais eficiente.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.