A EDP lançou uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a EDP Renováveis. De acordo com o comunicado enviado à CMVM, a EDP está a oferecer 6,80 euros por cada ação sua empresa participada, cujo objeto de negócio incide essencialmente nas energias de renováveis.

Segundo diz o comunicado, esta operação da EDP visa, essencialmente, reforçar a sua aposta "como líder na atividade de produção de energia através de fontes renováveis" e no desenvolvimento de negócio da EDP Renováveis.

Adicionalmente, esta OPA tem como objetivo "aumentar a sua exposição à atividade desenvolvida" pela EDP Renováveis, "com o intuito de beneficiar em maior escala do crescimento atrativo das energias renováveis".

A cotação da EDP Renováveis fechou hoje nos 6,267 euros.

Renováveis propôs recentemente o pagamento de dividendos de 5 cêntimos por ação

A 3 de março, foi público que EDP Renováveis iria propor aos acionistas o pagamento de um dividendo bruto de 5 cêntimos por ação, relativo aos lucros do exercício de 2016.

"O pagamento do dividendo será efetivo desde a data de 8 de maio de 2017 e o seu pagamento efetuar-se-á através de um agente financeiro", pode ler-se no comunicado enviado pela energética à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários nessa data.

Dias antes, a 28 de fevereiro, a EDP Renováveis revelou ter obtido um lucro de 56 milhões de euros em 2016, o que representa uma diminuição de 66% relativamente ao ano anterior.

Recorde-se que a EDP Renováveis entrou em bolsa em 2008, tendo lançado, na altura, uma Oferta Pública de Subscrição no valor de 8 euros por ação.

EDP vende Naturgas por 2,5 mil milhões de euros para financiar OPA

No mesmo dia em que anunciou a OPA sobre a EDP Renováveis, a EDP, em comunicado enviado à CMVM, anunciou também a venda da sua distribuidora de gás em Espanha, a Naturgas, por 2,5 mil milhões de euros.

Segundo o comunicado, "a oferta vinculativa, totalmente financiada, foi apresentada por parte de um consórcio de investidores composto entre outros por investidores institucionais assessorados pela J.P. Morgan Asset Management, pelo Abu Dhabi Investment Council e pelo Swiss Life Asset Managers".

A Naturgas é a subsidiária da EDP para a distribuição de gás em Espanha. De acordo com a empresa, dispõe "de mais de 1 milhão de pontos de abastecimento de gás natural e gás propano liquefeito, nas regiões do País Basco, Cantábria e Astúrias".

Ainda segundo o comunicado, "o encaixe financeiro resultante desta alienação será parcialmente aplicado" na eventual aquisição das acções da EDP Renováveis, bem como na "redução da dívida e nível de endividamento da EDP".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.