Esse pagamento, de 4,5 milhões de dólares, soma-se ao mesmo valor que orçamentou para pagar ainda este ano, saldando assim a divida que foi sendo acumulada ao longo de vários anos.

A dotação está detalhada na proposta de lei do OGE para 2019, entregue hoje pelo Governo ao Parlamento Nacional para tramitação, a que a Lusa teve acesso.

No final de setembro, a dívida do Estado à operadora era de 9,3 milhões de dólares (cerca de oito milhões de euros), segundo dados obtidos pela Lusa.

O valor da dívida, a maior parte acumulada há vários anos, representa 82,5% do total da dívida dos clientes à Timor Telecom (TT), sendo que não há ainda calendário para a regularização, disse fonte da operadora à Lusa.

Nos três meses anteriores, a dívida do Estado à TT cresceu 653 mil dólares, de acordo com o balanço de informação financeira da operadora.

Globalmente, a TT tinha a receber dos clientes, até final de setembro, 11,28 milhões de dólares.

O Orçamento Geral do Estado para 2018, aprovado no fim do mês passado, com o país a viver de duodécimos desde janeiro, inclui 87 milhões de dólares (75 milhões de euros) para pagar dívidas e obrigações em atraso.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.