A Invets Lisboa foi criada em 2009 pela Câmara Municipal de Lisboa e pela Câmara do Comércio e de Indústria Portuguesa, contando também com a AICEP como parceiro.

"Somos a agência de investimentos de Lisboa, pretendemos captar empresas e investimento para criar empregos e riqueza. Existia a vantagem de envolver outros municípios da região e dai surgiu a parceria com a Baía do Tejo", afirmou o responsável.

A Invest Lisboa está representada na maior feira internacional de imobiliário do mundo, o MIPIM, que está a decorrer em Cannes, na França, representando 16 empresas parceiras, entre elas a Baía do Tejo, e em conjunto com quatro municípios - Barreiro, Almada, Seixal e Lisboa.

A Baía do Tejo é uma empresa pública, que tem a responsabilidade para requalificar os territórios das antigas áreas industriais da Quimiparque, no Barreiro, da Siderurgia, no Seixal, e da Margueira, em Almada, em conjunto com as autarquias, que se tem desenvolvido nos últimos anos.

"A concorrência internacional é muito forte e a Invest Lisboa dedica-se a todos os setores da economia e a projetos de todas as dimensões. Com a Baía do Tejo e os seus territórios temos condições para acolher todos os projetos, de todas as dimensões", salientou.

Rui Coelho referiu que no MIPIM estão a apostar na promoção de vários projetos, entre eles os da Baía do Tejo, do terreno de Entrecampos, do projeto das rendas acessíveis da Câmara de Lisboa e do turismo e habitação.

"No ano passado a Invest Lisboa apoiou 520 projetos, apesar de para investir não ser necessário falar connosco. Já apoiamos mais de três mil projetos e marcámos presença em cerca de 50 feiras internacionais num trabalho de promoção", explicou.

Rui Coelho referiu que a Invest Libsoa apoia os investidores, de forma gratuita, na procura de parceiros, instalações ou espaços, criando também projetos que visam a dinamização económica de Lisboa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.