A Moody’s acredita que os bancos italianos vão continuar a reduzir os empréstimos problemáticos nos seus balanços e a melhorar as suas condições de financiamento, mantendo estáveis os níveis de capital.

Segundo uma nota publicada hoje, o vice-presidente sénior e analista da agência, Fabio Iannò, espera que “os empréstimos problemáticos dos bancos italianos recuem em 2020 pelo quinto ano consecutivo”.

Nesta revisão em alta, a agência de notação refere que teve em conta a previsão de “um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) italiano débil, mas positivo”, bem como uma “perspetiva estável da dívida soberana de Itália”.

“Espera-se que os bancos italianos tenham uma rentabilidade estável ou moderadamente melhor do que em 2019 e 2020 graças a menores custos de financiamento, menor custo de risco e ganhos de eficiência com as recentes iniciativas de reestruturação”, refere a Moody’s.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.