Os técnicos do parlamento preveem que a proposta do PCP, que prevê o alargamento "a todos os bens e serviços do setor" da restauração, repondo a taxa intermédia (13%), "tenha como efeito estático uma redução do imposto a favor do Estado entre 396,5 ME [milhões de euros] e 339,3 ME".

Os dois valores têm origem "em dois cenários construídos com base em dados históricos de anos anteriores", segundo a UTAO, sendo que o efeito estático "se obtém assumindo que a redução no parâmetro fiscal não altera a quantidade transacionada de alimentação e bebidas nem o preço destes serviços", e os dados históricos "a base tributável e o imposto a favor do Estado observados pela Autoridade Tributária e Aduaneira nos sete semestres anteriores".

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.