Num artigo de opinião publicado em vários jornais, Christine Lagarde disse que com uma grande parte da atividade económica parada, o resultado será a economia da zona euro “contrair-se consideravelmente”.

Na quarta-feira à noite, o Banco Central Europeu (BCE) aprovou um programa de compra de dívida pública (incluindo da Grécia) e de empresas privadas no valor de 750 mil milhões de euros.

Esta injeção de liquidez destina-se a conter o choque económico da economia da zona euro devido à doença Covid-19, com muitas empresas a serem forçadas a suspender as suas atividades e mesmo ameaçadas de falência e os trabalhadores com os empregos em causa.

Após o anúncio do BCE, o Presidente de França, Emmanuel Macron, apelou aos Estados-membros da União Europeia que se juntem a Frankfurt no apoio à economia através de medidas orçamentais.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 235 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 9.800 morreram. Das pessoas infetadas, mais de 86.600 recuperaram da doença.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 785, mais 143 do que na quarta-feira.

O número de mortos no país subiu para quatro, com anúncio da morte de uma octogenária em Ovar, feito pelo presidente da xâmara local, horas depois de a DGS ter confirmado a existência de três vítimas mortais até às 24:00 de quarta-feira em Portugal.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.