De acordo com os dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal, o valor enviado pelos trabalhadores portugueses no estrangeiro foi de 220,6 milhões, o que revela uma queda de 14,2% face aos 257,2 milhões de euros enviados em agosto do ano passado.

Os números hoje disponibilizados no Boletim Estatístico do banco central português mostram também que esta descida marca o valor mais baixo enviado pelos emigrantes, neste mês do ano, desde agosto de 2011, mês em que as remessas totalizaram 220,39 milhões de euros.

Olhando em sentido inverso, isto é, para as verbas enviadas pelos estrangeiros a trabalhar em Portugal, a descida de 6,6%, para 46,5 milhões, é a maior descida desde pelo menos 2010.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.