Os dados, divulgados hoje, são do Instituto da Segurança Social (ISS) e mostram que entre abril de 2017 e abril de 2018, mais 11.743 pessoas passaram a beneficiar do Rendimento Social de Inserção (RSI), o que representa um aumento de 5,5% em relação aos 212.891 registados no ano passado.

Por outro lado, representa também um aumento, ainda que menor, quando comparado com os dados de março, mês em que 222.218 beneficiários receberam esta prestação social.

Igual tendência verifica-se nas famílias beneficiárias, que, no prazo de 12 meses, passaram de 96.034 para 102.254, ou seja, mais 6.220 agregados com direito a receber RSI, o que representa um aumento de 6,47%.

Quando comparado com o mês de março, o aumento foi bastante inferior, mais 0,69%, o que ainda assim representou mais 701 famílias.

Olhando para a distribuição geográfica, a maior parte dos beneficiários do RSI estão nos distritos do Porto (62.044), Lisboa (35.808) e Setúbal (18.478), com a Região Autónoma dos Açores bastante próxima (17.995).

Entre as famílias, a maior parte também está no distrito do Porto (26.695), Lisboa (16.097) e Setúbal (8.316).

Em termos de valores monetários, em março o valor médio por beneficiário ficou nos 114,25 euros, enquanto nas famílias foi de 257,81 euros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.