"Este é um momento único, um momento especial", pois "com esta inauguração o Starwood torna-se a primeira empresa com sede nos Estados Unidos a operar em Cuba depois de mais de 55 anos", disse durante a cerimónia o chefe de operações da rede hoteleira para a América Latina, Jorge Giannattasio.

Esta inauguração "está a fazer história", destacou o executivo da Starwood, proprietária do Méridien, W Hotels, Westin e Sheraton.

A cadeia americana aproveitou o antigo hotel "Quinta Avenida", de 186 quartos e propriedade do grupo cubano Gaivota, um grupo administrado pelas Forças Armadas Revolucionárias de Cuba, com mais de 60 hotéis e vilas em Cuba.

"Este momento significa um novo capítulo na história da hotelaria cubana" e marca "o início de uma longa relação de trabalho", declarou o presidente do Gaivota, Carlos Latuff.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.