De acordo com o gabinete de estatísticas da União Europeia (UE), o setor da energia é aquele onde os preços mais subiram em setembro (9,5%, face aos 9,2% no mês anterior), seguindo-se o da alimentação, álcool e tabaco (2,7%, acima dos 2,4% de agosto).

No setor dos serviços a inflação manteve-se estável (1,3%), bem como no dos bens industriais não energéticos (0,4%).

Um novo boletim, já com dados sobre a taxa de inflação anual para a UE, está agendado para dia 17 de outubro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.