Às 14:50 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones descia 0,04% para 30.675,25 pontos e o Nasdaq, dominado pelo setor tecnológico, subia 0,46% para 13.675,50 pontos.

O índice alargado S&P 500 avançava 0,30% para 3.836,39 pontos.

A bolsa nova-iorquina encerrou na terça-feira em forte alta, pela segunda sessão consecutiva, enquanto se desvaneceu a febre especulativa que tinha levado na semana passada as ações da GameStop a níveis improváveis. O Dow Jones subiu 1,57%, o Nasdaq avançou 1,56% e o S&P 500 somou 1,39%.

Na segunda-feira, esta praça financeira já tinha encerrado com ganhos, depois de ter apresentado na semana anterior as piores perdas semanais desde outubro.

As sessões anteriores foram marcadas pela ação concertada de pequenos acionistas contra os grandes fundos de investimento especulativos e pela valorização acentuada e súbita de alguns títulos, em cuja descida esses fundos tinham apostado.

Mas desde o início desta semana, a bolsa inverteu essa tendência e registou duas subidas consecutivas.

Na terça-feira, os grupos tecnológicos Amazon e Alphabet (‘holding’ da Google e YouTube) divulgaram pouco depois do fecho da sessão resultados trimestrais considerados muito bons pelos investidores.

A Amazon informou também que Jeff Bezos vai deixar de ser presidente executivo do grupo no terceiro trimestre deste ano.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.