Em declarações à France-presse, o chefe da polícia queniana, George Kinoti, disse que "eles foram detidos e serão presentes ao tribunal".

George Kinoti refere que os réus apresentaram-se por conta própria depois da polícia tornar os processos públicos. E acrescenta que os pedidos de prisão já tinham sido pedidos ao tribunal.

FZDB/PJA // PJA

Lusa/Fim

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.