"A situação que resulta do Covid-19 não tem quase precedentes", sublinhou o diretor-geral da IATA, Alexandre de Juniac, num comunicado publicado hoje na sequência de uma reunião em Singapura.

"Em pouco mais de dois meses, as perspetivas do setor na maioria das regiões do mundo ficaram radicalmente sombrias", observou.

MC // EA

Lusa/Fim

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.