"Ambas as equipas podem proporcionar um bom jogo, porque têm argumentos para isso. São equipas que têm feito, quer Moreirense quer Farense, um campeonato muito tranquilo, com um nível exibicional agradável. Portanto, podemos todos proporcionar um bom espetáculo", disse José Mota, em declarações divulgadas pelo emblema algarvio.

O técnico considerou o Moreirense "a equipa sensação" da I Liga, ressalvando que os seus jogadores percebem o valor do adversário, estão "conscientes das dificuldades" e vão apresentar-se "com intenção e sentido de vitória".

"Antevejo um jogo extremamente difícil, contra uma equipa competitiva, com bons executantes e que tem feito um excelente campeonato, quer em casa quer fora", referiu José Mota.

Sublinhando que os "os adjetivos são todos favoráveis" à formação de Moreira de Cónegos, sexta classificada, o treinador do Farense explicou que o rival é uma equipa "muito bem orientada, muito coesa, muito forte, muito solidária".

"Em termos defensivos, [é uma equipa] muito bem organizada, sofre muitos poucos golos, consegue sempre vantagens e tem conseguido muitas vitórias por 1-0, daí já se percebe a forma como trabalha e como se organiza", acrescentou.

José Mota justificou o atual ciclo negativo de quatro jogos sem vitórias na I Liga com a qualidade das "grandes equipas" enfrentadas nesta sequência, como FC Porto, Famalicão e Sporting de Braga.

"Tivemos sempre boas prestações, a equipa tem trabalhado muitíssimo bem e o que pretendemos é vencer este jogo com o Moreirense. Vamos tentar fazer tudo para que as coisas aconteçam, embora sabendo que é um adversário que tem feito um campeonato extraordinário", declarou.

Farense, nono classificado, com 26 pontos, e Moreirense, sexto, com 35, defrontam-se no sábado, às 15:30, no Estádio de São Luís, em Faro, com arbitragem de Nuno Almeida, da associação do Algarve.

EYP // NFO

Lusa/Fim