Ljubomir Fejsa, nascido no 14 de Agosto de 1988 no ocaso da Jugoslávia, é campeão em todos os clubes por que passou (Partizan de Belgrado, Olympiakos e Benfica) desde 2008/2009. Ah pois é. Da última vez que o Fejsa não foi campeão, ainda não existia Instagram nem iPad e o mundo ainda tinha a certeza de que o capitalismo não voltaria a colapsar. Fejsa tem 10 campeonatos em 9 anos, os mesmos que o Sporting conquistou nos últimos sessenta e três. Esta tática de Fejsa é arrojada: Tri-Tri-Tetra.

Fejsa é muitas coisas. É um trinco de excelência; um futuro super-herói da Marvel; um trator topo de gama especializado na lavra dos relvados do tugão; o proprietário do meio-campo do Benfica; o trend setter do manbun e um astrofísico da Universidade de Belgrado, autor da teoria da contenção defensiva à expansão métrica do universo. Está em todo o lado, omnipresente. Tanto dá uma fruta em cima da área do adversário como na ala defensiva esquerda, omnifrutífero. Fejsa é um pragmático e um solidário. Se o Ljubomir da televisão fica enojado com restaurantes pestilentos, o Ljubomir do Benfica não se importa de limpar a porcaria que os outros fazem. É um matulão com coração de manteiga. Ljubomir Fejsa é aquele gajo que parece pacífico, mas que saca de um truque de MMA para salvar o Cervi numa porrada com putos do rugby a seguir a uma noite de Lust.

Fejsa só sabe ganhar. Só perde – e dando muita luta - no jogo do sério com Mitroglou. Está sempre em festa. Fejsa está prestes a abrir um blog de reviews de champagne, tendo em conta a quantidade de garrafas que já emborcou à pala dos festejos constantes. Poucos historiadores têm dúvidas de que se Fejsa tivesse sido colocado à frente da infantaria alemã em Berlim, os Nazis teriam ganho a guerra. Porque Fejsa ganha sempre, sempre. Tanto que Fejsa quer cortar nos hidratos, já que é sempre “outra vez arroz”. Nuno Rogeiro sabe, mas não diz, que Fejsa derrotaria o Estado Islâmico com uma marcação à distância. Fejsa usa baggy jeans devido à quantidade de pessoas que é obrigado a meter no bolso. Fejsa é o DJ Khaled do desporto-rei, por que all he does is win. Viva o Benfica. Viva o tetra. Viva Fejsa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.