Fez 50 anos que o Homem foi à lua. Digo Homem e homem, já que na altura só nos preocupávamos em ir e não em quem ia. Se fosse hoje, teríamos de ter uma mulher na tripulação e se fosse ela a estacionar a nave tinha-a a raspado toda de lado. Aliás, acho que os Estados Unidos da América estão a ponderar nova ida à lua apenas para preencher quotas e termos, finalmente, igualdade no tocante a pisar satélites naturais. Vai ser uma chatice devido aos saltos altos na areia lunar, mas os cientistas já devem ter arranjado solução. Na altura não foi nenhuma mulher porque a ida à lua foi um embuste e os astronautas tinham de ser homens para conseguirem guardar segredo. Bem, piadas machistas gratuitas à parte, a verdade é que já passaram 50 anos desde que a humanidade colocou o pé noutro corpo celeste que não este nosso belo planeta.

Só tenho pena que a frase de Neil Armstrong – aquele que muita gente pensa que canta o “What a Wonderful World” enquanto fazia a volta à França – não fosse outra. “Um pequeno passo para o Homem, um salto gigantesco para Humanidade” soa um bocado a Pedro Chagas Freitas ou a algo que o Gustavo Santos diria, embora no caso deste último talvez fosse “Um pequeno passo para a Humanidade, um gigantesco salto para mim que agora estou aqui em cima e vocês estão todos aí em baixo.”. Imagino os nervos do Neil, não por pisar a lua, mas por ter apenas um take para acertar na frase; deve ter ido a repeti-la vezes sem conta durante a viagem até a decorar bem. Acho que perdeu uma boa oportunidade para um “Chupa Rússia!”, mas isto sou eu que não sou astronauta.

A ida à lua foi um marco para a Humanidade, excepto para os maluquinhos que acham que foi tudo um embuste e que as fotos e vídeos foram fabricados no Armindo’s Photography, primo do director da NASA. Quem quer acreditar numa conspiração encontra sempre detalhes, reais ou não, que dão força a essa crença. Acreditar no Big Foot é como acreditar em Deus, com a excepção de que existir um Big Foot não desafia as leis da física e até há fotos desfocadas dele. Deus? Nem uma foto, o que é estranho tendo em conta que o Gajo está em todo o lado. Deve ser como o Louis C.K. e não gosta de tirar fotos com os fãs.

É possível que os EUA tivessem fabricado tudo só para dar o bigode à Rússia? Sim, é possível, não seria a primeira vez que um governo fabricava provas e acontecimentos. É possível manter um segredo enorme destes sem que ninguém confesse e que apenas é descoberto porque pessoas na Internet encontraram “provas”? Pouco provável. No entanto, consigo perceber, até certo ponto, quem acredite que o Homem nunca foi à lua, mas o mesmo não acontece com quem acredita na nova moda das teorias da conspiração: a terra é plana. Ora bem, quem acredita que a terra é plana tem um défice cognitivo e uma mente muito suscetível a vídeos na Internet. Há quem tenha medo que a Internet e as redes sociais disseminem coisas falsas que podem levar muitas pessoas a acreditar, mas acho positivo. Se tiveres um amigo que está convencido que a terra é plana porque esteve a noite toda a ver vídeos no YouTube, já é menos uma pessoa para convidar para a próxima festa de aniversário. Quem acredita que a terra é plana é mais burro do que as pessoas que viviam no século terceiro, antes de Cristo, altura em que passou a ser consensual que a terra era esférica. Pensem que houve alguém, nessa altura, sem qualquer acesso à Internet, sem tecnologia, que conseguiu descobrir isso através de medições e outras cenas, enquanto que quem acredita que a terra é plana tem tudo à distância de um clique, mas prefere ser burro e desinformado. Estimo que todos os crentes desta conspiração se metam num foguetão para Marte só com bilhete de ida.

Sugestões e dicas de vida completamente imparciais:

Para rir: Festival Rir na Ria, na Torreira.

Para ver: Casa de Papel, nova temporada.

Para ir: Festival Sol da Caparica

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.