Se os dias de hoje fossem como os filmes previam, a nossa realidade seria completamente diferente. Segundo o imaginário de Blade Runner, em 2019 iríamos viver com robôs humanoides com emoções, poderíamos procurar ofertas de trabalho noutro planeta e os carros voadores seriam um meio de transporte comum. Embora esses veículos se avistem cada vez mais no horizonte, ainda estamos longe desse cenário, assim como de toda a realidade projetada no filme.

Mas nem todas as peças de ficção erraram face ao futuro que idealizavam para os nossos dias. Um dos maiores exemplos de tecnologia, que tanto se observa nos filmes como na vida real, são as smart homes ou Casas Conectadas. Ainda não existem muitas como a de Tony Stark (aka Iron Man super-herói da Marvel), mas há quem se esforce para fazer uma aproximação.

Poder controlar a casa à distância, simular a presença quando estamos ausentes ou monitorizar o consumo energético da casa são ações que a nova tecnologia da Legrand permite. A marca, presente em cerca de 180 países e há 38 anos em Portugal, foca parte do seu negócio na área residencial e pretende transformar os nossos lares em casas conectadas com a sua nova gama, Valena Life with Netatmo.

Casa Conectada sem gastar uma fortuna

O Starter Pack da Valena Life With Netatmo funciona como uma espécie de "porta de entrada" para ter uma casa conectada a um preço acessível.

O pack é composto por dois produtos: uma Tomada de Energia com Gateway Integrada - que se liga à internet e que permite controlar todos os produtos conectados, a iluminação e os estores e todos os aparelhos ligados às tomadas, local ou remotamente -, e um Comando Geral Entrar/Sair sem fios - que “abre ou fecha a casa” às suas ordens.

Quanto ao preço, depende do estilo visual que quiser dar à sua casa: estes 2 produtos em branco custam 143,66 euros, em alumínio 150,85 euros. A partir daqui, pode escolher os produtos individualmente e de acordo com os seus desejos.

A casa conectada Legrand pode ser comandada de 3 formas: por voz, através dos assistentes da Google, Apple ou Amazon, pelo deslizar dos seus dedos no smartphone com a app da Legrand e pelo toque no interruptor tradicional.

Com esta tecnologia, a democratização das casas inteligentes pode ser uma realidade e está à distância de uma instalação fácil, rápida e intuitiva. Basta substituir os interruptores e tomadas existentes por interruptores e tomadas conectadas, sem necessidade de obras nem cabos adicionais. No fundo, vai permitir conectar a nossa casa, divisão a divisão, ao nosso ritmo, com um investimento faseado.

Exemplos, dessas soluções? Estamos no inverno e surge um grande temporal com ventos fortes e chuvadas: a casa desliga a rega para pouparmos o consumo da água e fecha os estores e toldos por uma questão de proteção; à hora de deitar, um toque no telemóvel e as luzes apagam-se, a televisão desliga-se, e liga-se uma luz ambiente no quarto; pela manhã, basta dizer “Bom dia” e a casa ganha vida: os estores abrem, as luzes acendem, a música começa a tocar.

E se nos esquecermos de desligar luzes ou eletrodomésticos antes de sair de casa, não há problema: ele avisa-nos e podemos desligar através da aplicação gratuita “Home + Control”, que também nos informa acerca dos consumos energéticos da casa e nos notifica caso haja uma anomalia, como uma falha de energia, por exemplo.

Cada um pode imaginar a sua casa do futuro e configurá-la como pretender de acordo com as suas necessidades através da app “Home + Control” da Legrand (disponível para iOS e Android).

As possibilidades são infinitas e, no fundo, a simples instalação de tomadas e interruptores aproxima-nos de ter uma casa tão segura e conectada como a de Tony Stark. Ou quase.

Descubra mais em www.legrand.pt/vlwn

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.